Conheça o poder das ervas aromáticas

Os mais recentes estudos científicos vêm constantemente confirmar o que muitos já sabiam – as Ervas Aromáticas têm um poder enorme na alimentação saudável e na qualidade de vida das pessoas. Os cientistas não têm dúvidas que para além do valor aromatizante das Ervas Aromáticas e do seu contributo para o equilíbrio nutricional na dieta regular, estes alimentos estão no topo dos mais poderosos antioxidantes do planeta. 

Informação retirada do website da Direção Geral de Saúde.

Alecrim

Estimula o funcionamento do fígado e facilita a digestão. É indicado para combater o cansaço físico e mental e a depressão. Apresenta propriedades antioxidantes e ajuda na circulação sanguínea. Não deve ser utilizado em situações de diarreia. Em grandes concentrações, pode provocar irritações gastrointestinais e nefrite.

Vários estudos comprovam que o Alecrim combate o declínio cognitivo, ajudando na manutenção de uma memória sã, e pode diminuir o risco de doenças como o Alzheimer.

Cebolinho

Propriedades antioxidantes, ajuda na digestão e melhora a circulação sanguínea.

É rico em vitaminas A e C.

Coentros

Melhora a motilidade e as secreções gástricas, propriedades anti-inflamatórias e antibacterianas. A tisana das folhas combate ainda a fadiga e alguns tipos de enxaquecas.

As folhas frescas são ricas em ferro e vitamina C. Possui quatro vezes mais caroteno do que a salsa e três vezes mais cálcio do que esta.

Funcho

Atua no aparelho digestivo, aumenta o peristaltismo e reduz a produção de gases. Favorece a secreção brônquica removendo o excesso de muco do aparelho respiratório.

Os seus teores em sais de potássio conferem-lhe propriedades diuréticas.

Hortelã-menta

Erva descongestionante, a sua infusão é indicada no tratamento de gripe. Evita situações de azia e má digestão. Auxilia no alívio de dores abdominais e dores musculares.

As suas folhas fornecem vitaminas A, B, C e minerais (cálcio, fósforo, ferro e potássio).

Louro

É diurético, digestivo e evita a formação de gases.

Auxilia no tratamento de hemorroidas e reumatismo.

Manjericão

Combate vómitos, cólicas intestinais e diarreias. Atua sobre o aparelho urinário, ativando os rins e aliviando o ardor à micção. Alivia situações de tosse, bronquite, rouquidão, dores de garganta, ajuda a cicatrizar aftas.

Possuem óleos essenciais, vitaminas C e A.

Orégãos

Estimula as funções gástricas e biliares. Auxilia no tratamento de dispepsia, arrotos, enjoos, flatulências e estomatites. É diurético, expetorante e ameniza dores menstruais.

Possuem óleos essenciais, vitamina C e um alto teor de antioxidantes.

Poejo

Indicado para o tratamento de gripe, tosse, dores reumáticas, bronquite e asma.

É considerado um calmante, indicado no combate às insónias.

Salsa

É diurética, combate a formação de gases, alivia os sintomas de bronquite, asma, cólicas menstruais e auxilia no tratamento de cálculos renais.

Contém vitaminas (A, e C), minerais (cálcio, ferro, magnésio, enxofre e potássio) e bioflavonoides. Possui mais vitamina C que qualquer outro vegetal da nossa culinária (166mg por 100g).

Salva

Reduz flatulência, é anti-inflamatória e previne o aparecimento de substâncias cancerígenas. 

Segurelha

Propriedades anti-sépticas, fungicidas, anti-diarreicas e anti-virais.

É muito utilizada para combater inflamações das vias respiratórias, gases e cólicas e inflamações cutâneas (otites, estomatites, vaginites e queimaduras).

Tomilho

Digestivo, anti-inflamatório e expetorante (ajuda a limpar as vias respiratórias).

Da sua composição nutricional destacam-se as vitaminas do complexo B, vitamina C e o magnésio.
Ao usar este website, está a aceitar a utilização de cookies para análise, conteúdo personalizado e apresentação de anúncios.