Salsa

Petroselinum sativum
Pedido de Informação


A salsa é uma planta aromática herbácea, que forma uma roseta de folhas muito divididas. O sabor da salsa é suave, tornando-a numa das mais populares ervas aromáticas. A salsa é bastante resistente a flutuações da temperatura.

Como tirar o melhor partido das suas ervas

O sabor da salsa é suave, tornando-a numa das mais populares ervas aromáticas. É universalmente utilizada como tempero de imensos pratos. É usada em sopas, molhos, pratos de carne, de peixe, de marisco, omeletes e massas.
Os antigos Egípcios e os Gregos usavam a erva aromática salsa para tratar dores de estômago e problemas de bexiga. Os gregos utilizavam a salsa também em tratamentos contra a epilepsia e como regulador do sistema nervoso. Esta planta aromática era o símbolo da festa e da alegria partilhada e servia para coroar os vencedores de corridas. Na Idade Média acreditava-se que a salsa estava ligada às forças do mal.
A salsa é diurética, combate a formação de gases, alivia os sintomas de bronquite, asma, cólicas menstruais e auxilia no tratamento de cálculos renais.
Esta planta aromática contém vitaminas (A, e C), minerais (cálcio, ferro, magnésio, enxofre e potássio) e bioflavonoides. A salsa possui mais vitamina C que qualquer outro vegetal da nossa culinária (166mg por 100g).

 A erva aromática salsa fortalece o cabelo e as unhas e, também, o nosso organismo perante os agentes externos. A salsa melhora a circulação sanguínea.
 

Aplicações Culinárias

O sabor da salsa é suave, tornando-a numa das mais populares ervas aromáticas. É universalmente utilizada como tempero de imensos pratos. É usada em sopas, molhos, pratos de carne, de peixe, de marisco, omeletes e massas.

Curiosidades

Os antigos Egípcios e os Gregos usavam a erva aromática salsa para tratar dores de estômago e problemas de bexiga. Os gregos utilizavam a salsa também em tratamentos contra a epilepsia e como regulador do sistema nervoso. Esta planta aromática era o símbolo da festa e da alegria partilhada e servia para coroar os vencedores de corridas. Na Idade Média acreditava-se que a salsa estava ligada às forças do mal.

Benefícios Saudáveis

A salsa é diurética, combate a formação de gases, alivia os sintomas de bronquite, asma, cólicas menstruais e auxilia no tratamento de cálculos renais.
Esta planta aromática contém vitaminas (A, e C), minerais (cálcio, ferro, magnésio, enxofre e potássio) e bioflavonoides. A salsa possui mais vitamina C que qualquer outro vegetal da nossa culinária (166mg por 100g).

 A erva aromática salsa fortalece o cabelo e as unhas e, também, o nosso organismo perante os agentes externos. A salsa melhora a circulação sanguínea.
 

Mais informações

Utilizamos cookies próprios e de terceiros para lhe oferecer uma melhor experiência e serviço. Para saber que cookies usamos e como os desativar, leia a política de cookies.
Ao ignorar ou fechar esta mensagem, e exceto se tiver desativado as cookies, está a concordar com o seu uso neste dispositivo.